skip to Main Content
Afinal, Síndico é Cargo Ou Função?

Afinal, síndico é cargo ou função?

Uma dúvida recorrente entre pessoas que desejam representar um condomínio é se a profissão de síndico é cargo ou função.

Essa confusão é normal. Afinal, temos duas palavras que definem significados diferentes, mas que no conceito popular possuem “o mesmo sentido”.

Afinal, quantas pessoas você conhece que sabem diferenciar um cargo de uma função?

Você é uma delas?

Então, vamos descobrir essas diferenças e discutir se um síndico é cargo ou função!

Hoje, vamos abordar:

  • CARGO X FUNÇÃO;
  • SÍNDICO É CARGO OU FUNÇÃO?
  • AS RESPONSABILIDADES DO SÍNDICO.

Continue a leitura e torne-se um síndico mais completo e, se você estiver disposto a seguir o caminho da sindicância, mas ainda não estiver exercendo a profissão, entenda tudo que você precisa saber antes de começar!

CARGO X FUNÇÃO

Cargos e funções são coisas completamente diferentes. Isso porque, apesar de ser fácil de imaginar essas duas palavras como iguais ou similares, elas devem ser usadas dentro de contextos bastante específicos.

Vamos entender melhor!

  • CARGO: esse é o nome da posição que alguém ocupa dentro de um negócio. Eletricista, por exemplo, é o cargo que alguém possui dentro de uma empresa. Logo, é a denominação utilizada para citar uma profissão ou ocupação.
  • FUNÇÃO: diferente do cargo, uma função não é descrita como alguém que trabalha em uma empresa, mas sim como um conjunto de tarefas que devem ser desenvolvidas pelo cargo. Se utilizarmos o exemplo utilizado acima mais uma vez, poderemos citar que a função do profissional eletricista é cuidar para que toda a parte elétrica da empresa esteja em pleno funcionamento, realizar manutenções, instalações elétricas, etc.

SÍNDICO É CARGO OU FUNÇÃO?

Quando trazemos esses conceitos para dentro do universo dos condomínios, mais especificamente do síndico, conseguimos dizer que síndico é, sim, um cargo, e não uma função.

O síndico é, normalmente, uma pessoa eleita para representar o condomínio, e pode ser ou não um morador do mesmo.

Se pararmos para pensar um pouco mais, podemos investigar as principais responsabilidades do síndico que, por sua vez, compõem a sua função.

AS RESPONSABILIDADES DO SÍNDICO

Agora que você não possui mais dúvidas se síndico é cargo ou função, está na hora de ter certeza sobre todas as responsabilidades com as quais esse profissional precisa lidar o tempo todo.

Alguns parágrafos acima, citamos que o síndico é eleito para representar o condomínio, o que já caracteriza uma das suas principais responsabilidades.

Um bom síndico deve:

  • Cuidar do condomínio;
  • Representar os interesses comuns dos condôminos;
  • Exercer a neutralidade, principalmente em conflitos;
  • Construir uma relação transparente e amigável com os moradores;
  • Incentivar a economia do condomínio;
  • Cuidar da manutenção do condomínio, sem precisar que os moradores digam o que precisa ser feito;
  • Evitar a inadimplência dos condôminos e saber como cuidar de cada caso de não pagamento;
  • Servir como uma figura de liderança;
  • Garantir que a convenção seja respeitada;
  • Fazer as leis valerem para todos de forma igual;
  • Representar o condomínio de forma judicial.

O síndico ainda precisa lidar com toda a questão da contabilidade. O pagamento de impostos, formas de economizar com a carga tributária, a contratação de funcionários para o condomínio, a cobrança das taxas condominiais e muito mais.

Para alguém que está começando ou que não tem noções de contabilidade, ou mesmo para quem já é experiente e deseja evitar erros, é necessário recorrer à ajuda de uma administradora de condomínios que seja eficiente e que proporcione maior segurança para o síndico trabalhar.

Para cuidar das suas responsabilidades e exercer a sua função de forma plena, recomenda-se que o síndico contrate uma administradora de condomínios.

Aproveite e descubra como o síndico pode evitar conflitos no condomínio.

A Campo Belo, por sua vez, é especializada em administrar condomínios e prestar auxílio aos síndicos. Se você ainda tem dúvidas sobre o que é preciso para se tornar um bom síndico ou deseja receber mais esclarecimentos sobre o tema “síndico é cargo ou função?”, fale conosco. Será um prazer atendê-lo!

Sucesso e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top