skip to Main Content
Como Funciona A Administração De Condomínios?

Como funciona a administração de condomínios?

Um síndico que deseja realizar uma boa gestão e que está atualizado com as tendências do mercado é um profissional que precisa saber como funciona a administração de condomínios.

Isso porque, a princípio, as tarefas que devem ser realizadas por um síndico podem parecer simples. Contudo, existem muitos aspectos que ficam menos visíveis aos moradores e ao público geral que se interessa pelo assunto ou deseja investir na profissão.

Para isso, primeiro precisamos entender o que é um síndico e qual é a extensão das suas funções!

O SÍNDICO

É um morador ou não, eleito para representar os moradores do condomínio. Ele funciona como a imagem e a voz dos moradores, e deve prezar pelo bem estar de todos, inclusive da propriedade em si.

O síndico não fica dentro de um local específico realizando o seu trabalho. Entretanto, as tarefas são muitas e a remuneração costuma se limitar a apenas uma isenção da taxa de condomínio.

Mas, quais são as suas funções, afinal?

As principais funções do síndico são:

  • Convocar assembléias;
  • Respeitar e realizar as obrigações do Código Civil, convenção e regimento interno;
  • Representar o condomínio e os seus moradores, zelando pelas conservação, pela ordem, pela manutenção e pela prestação de serviços a todos os moradores;
  • Intermediar conflitos;
  • Responder civil e criminalmente pelo condomínio;
  • Cobrar os moradores.

Agora, imagine realizar todas essas tarefas sozinho. É um trabalho e tanto, não é?

Normalmente, para evitar tanto trabalho e desgaste, entram em cena as administradoras de condomínios, que abrangem muitas outras questões relacionadas à administração de condomínios e como ela funciona.

Esse tipo de empresa está para o condomínio como a contabilidade está para outras empresas.

Detalharemos, em um post futuro, as funções específicas desse tipo de empresa. Agora, vamos nos limitar à sua importância e como funciona a administração de condomínios.

COMO FUNCIONA A ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIOS?

Um síndico deve, acima de tudo prezar pelo bem-estar dos moradores e pela estabilidade do condomínio, isto é, o equilíbrio.

Um síndico que representa a sua própria agenda e não os interesses gerais dos moradores é um péssimo profissional e possui chances baixíssimas de conquistar algo bom para a sua gestão.

Possuir empatia e escutar o que os outros têm a dizer faz parte de como administrar um condomínio. Portanto, um dos pontos mais importantes que um síndico deve respeitar é estar sempre atento e receptivo a críticas e sugestões.

ECONOMIA

Uma das tarefas com as quais todo síndico deve se preocupar é a de economizar, sem abrir mão da qualidade dos serviços prestados ao condomínio. A economia é parte de como funciona a administração de condomínios e, por isso, se torna imprescindível.

O síndico é o profissional responsável por comunicar aos outros moradores a necessidade de economizar e transmitir os métodos de como fazer isso.

Não é sempre que a comunicação irá funcionar, já que essa é uma via de duas mãos e também depende dos moradores, mas o síndico deve se manter ativo nessa função e sempre valorizar o diálogo.

E isso nos leva à próxima parte do nosso guia de como funciona a administração de condomínios:

PREVENÇÃO DE CONFLITOS

É imprescindível que o síndico se mantenha imparcial e valorize o diálogo, sempre agindo de forma diplomática quando há a possibilidade de conflitos acontecerem entre os condôminos.

Conflitos são quase sempre evitáveis. É possível prever que uma situação passará dos limites através da observação de alguns sinais. Se dois moradores não costumam se entender e possuem o hábito de utilizar um tom de voz agressivo um com o outro, é possível que isso culmine em conflitos.

Por isso, o síndico deve estar sempre atento a esses detalhes, principalmente quando nem mesmo os envolvidos possuem essa percepção ou qualquer controle sobre isso.

FAZER VALER O CÓDIGO CIVIL A CONVENSÃO E O REGIMENTO INTERNO

O mais recente Código Civil trouxe consigo diversas obrigações, que devem ser seguidas à risca pelo síndico. Sem dúvida alguma, a mais importante e mais polêmica é a que envolve a cobrança dos condôminos inadimplentes.

Um síndico deve prezar pelo funcionamento do sistema, pelo equilíbrio financeiro e pela harmonia dentro do condomínio.

Mas como fazer isso quando um fator interfere no outro? Nesse caso, é preciso fazer escolhas e priorizar situações.

É sabido que a inadimplência pode acarretar na perda do apartamento e, por isso, tratar desse assunto de forma delicada é fundamental!

Portanto, o síndico deve construir relacionamentos transparentes e amigáveis com os moradores, visando não só a manutenção de uma boa relação, mas também pensando no futuro do condomínio e em como a flexibilidade pode ser benéfica para todas as partes.

Viu só? Agora você já sabe mais sobre como funciona a administração de condomínios. Se você ainda possui dúvidas, pode sempre entrar em contato com a Campo Belo. Estamos aqui para ajudá-lo!

Para complementar a sua leitura, descubra algumas formas bastante eficazes de desenvolver uma gestão socioambiental para o seu condomínio.

Sucesso e até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top